ESTRANGEIROS QUE ADOTARAM O BRASIL COMO CASA AJUDAM A CONTAR UM POUCO DA HISTÓRIA DESTA COPA. SÃO REPRESENTANTES DAS 32 SELEÇÕES (ALÉM DO BRASIL) QUE MORAM EM UMA DAS 12 CIDADES SEDE

O mundo no Brasil

Estrangeiros que adotaram o Brasil como casa ajudam a contar um pouco da história desta Copa. São representantes das 32 seleções (além do Brasil) que moram em uma das 12 cidades sede

 

capa.jpg

Rio de Janeiro

Conhecida no mundo por monumentos como o Cristo Redentor e belezas naturais como o morro do Pão de Açúcar, o Rio de Janeiro entrará para a história do futebol como uma das raras cidades a sediar duas finais da Copa do Mundo (a outra é a Cidade do México). Principal porta de entrada de turistas no Brasil, o Rio também é famoso por realizar festas grandiosas, como o Carnaval e o Réveillon, e por sua hospitalidade

01.jpg

02.jpg

Cuiabá

Conhecida como “cidade verde”, a capital do Estado de Mato Grosso receberá quatro partidas na primeira fase do Mundial

03.jpg

São Paulo

Na maior cidade do País será dado o primeiro chute da Copa 2014. A Arena Corinthians deve receber cerca de 60 mil torcedores no jogo de abertura, disputado entre Brasil e Croácia. Como toda metrópole, tem vários programas para entreter os visitantes entre as partidas. Mas também tem protestos e manifestações, muitos deles contrários ao próprio evento

04.jpg

05.jpg

Salvador

Uma das principais cidades turísticas do Brasil, a capital da Bahia sediará o melhor embate da primeira fase: Espanha e Holanda

06.jpg

Belo horizonte

A cidade com maior número de bares por habitante (1 para 170) é famosa também por sua hospitalidade e culinária

07.jpg

Recife

A capital do frevo também é conhecida como a Veneza Brasileira, por causa dos rios que a dividem. Com forte vocação turística, é um polo cultural dinâmico

08.jpg

Porto alegre

O sotaque peculiar do porto-alegrense é uma das características que fazem o torcedor saber bem onde está. Afinal, dificilmente vai ouvir em outra cidade-sede uma frase como “mas bá, guria!”. Também são típicos da capital gaúcha o churrasco, o chimarrão e as baixas temperaturas durante o inverno

09.jpg

10.jpg

Fortaleza

Fortaleza foi eleita pelo “The New York Times” a cidade com a noite de segunda-feira mais agitada do mundo. Nos arredores da capital, destacam-se as praias paradisíacas

11.jpg

Natal

Conhecida por suas belezas naturais e por ser uma das cidades mais procuradas pelos turistas, a capital potiguar sediará quatro partidas na primeira fase do Mundial

12.jpg

Brasília

O centro político do País, famoso pela arquitetura assinada por Oscar Niemeyer, será palco do terceiro jogo do Brasil na primeira fase

13.jpg

Curitiba

A capital paranaense se destaca pela diversidade de culturas. Com invernos rigorosos, é repleta de áreas verdes, muitas vezes cobertas por araucárias, árvore típica da região

14.jpg

Manaus

A cidade que irá abrigar jogos importantes na primeira fase promete compensar a falta de tradição no esporte com os encantos da Floresta Amazônica

15.jpg

Fotos: Felipe Varanda, Adriano Machado – Ag. Istoé, Chico Lelis, João Castellano, EDSON RUIZ – Ag. Istoé, MARCUS DESIMONI/NITRO; Rafael L. G. Motta, Leo Caldas, Humberto Nicoline – Ag. Istoé, LUCAS UEBEL/Ag. Istoé; Marcos Nagelstein/JC; Jarbas Oliveira/Ag. Istoé, Tiago Lima, Pablo Pinheiro, Adriano Machado – Ag. Istoé, Guilherme Pupo, Rafael Danielewicz, Alberto Cesar Araujo – Ag. Istoé

 

Recomendações para você

I Desafio de Mountain Bike movimenta Taquaruçu no fim de semana

I Desafio de Mountain Bike movimenta Taquaruçu no fim de semana
 
Desafio terá provas nas categorias feminina e masculina, subdivididas em outras quatro categorias diferentes: Elite (75 km), Open (75 km), Master (75 km) e Turismo (25 km)….
 
 
Autor: Da Redaçao
 
Desafio será em Taquaruçu
Da.Web
 
 
 

Neste fim de semana o distrito de Taquaruçu é palco do I Desafio de Mountain Bike.

O evento, que é realizado pela Ecotrila e Restaurante Mandala, em parceria com a Fundação Municipal de Esportes e Lazer (Fundesportes), terá provas nas categorias feminina e masculina em quatro categorias diferentes: Elite (75 km), Open (75 km), Master (75 km) e Turismo (25 km). O Desafio terá também atividades culturais na praça Joaquim Maracaípe.

Conforme uma das organizadoras, Patrícia Meurer, a intenção é incentivar a prática de esporte e também fomentar o turismo e aquecer o comércio local. “Como a programação cultural será na praça, pretendemos resgatar a feira de artesanato, que está um pouco esquecida”, frisou a organizadora.

O Desafio tem início neste sábado, 7, com a programação cultural na praça Joaquim Maracaípe, onde haverá feira de artesanato, som ao vivo, apresentação de artistas de circo e apresentação de vídeos relacionados ao evento. Entre os artistas já confirmados estão Toninho Borges, Domingo Sunset do Reggae, Glauber Benfica, Rafael Batista e Anderson Fernandes.

No domingo às 8 horas da manhã acontece a largada das provas também na praça. As categorias Elite, Open e Master terão percurso de 75 km e Turismo de 25 km. Os três melhores colocados nas provas feminina e masculina serão premiados e receberão medalhas e troféus.

A premiação para a categoria Elite é: R$ 350,00 para o 1º colocado, R$ 200,00 para o 2º colocado e R$ 100,00 para o terceiro colocado. Já os vencedores das categorias Open e Master vão receber: R$ 250,00 1º lugar, R$ 150,00 2º lugar e R$ 75,00 o terceiro lugar. A categoria Turismo será premiada com passeios de rapel e um almoço no Restaurante Mandala.
 

Inscrições

Os interessados em participar do Desafio podem se inscrever até às 12 horas deste sábado na Casa São Paulo, Speed bike, Jamil bike, Aro Ciclo e Pali Palam e até às 19 horas no Restaurante Mandala e Ecotrilha. As inscrições custam R$ 35,00 e a idade mínima para participar é 15 anos.
 

 

 
 

Tags: I Desafio de Mountain BikemovimentaTaquaruçufimsemana

Ministro do STF manda investigar deputados por cartel de trens em SP

CARTEL DE TRENS

Ministro do STF manda investigar deputados por cartel de trens em SP

FAUSTO MACEDO E RICARDO CHAPOLA

Marco Aurélio Mello quer que José Aníbal (PSDB) e Rodrigo Garcia (DEM) constem como “investigados” e pede para PF ouvir novamente os delatores do esquema

ELEIÇÕES EM SP

Alckmin tem 44% das intenções de voto, segundo pesquisa Datafolha

Em segundo lugar, aparece Paulo Skaf, do PMDB, com 21%; Gilberto Kassab, do PSD, atinge 5% e o petista Alexandre Padilha tem 3% dos votos

PSB paulista defende apoio a projeto de reeleição de Geraldo Alckmin

Reunião do diretório paulista do PSB - Rafael Arbex/Estadão

Diretório estadual formaliza apoio ao tucano e ignora ex-ministra Marina Silva, que defendia candidatura própria da sigla em São Paulo. Para o presidente do diretório paulista, Márcio França, partido teria pouca chance de vencer

Governos-chave. Reeleger governador, um novo tabu na política do Rio Grande do Sul
G.

APÓS PESQUISA

Arqueólogos encontram as calças mais velhas do mundo na China

Arqueólogos encontram calças de 3.300 anos no oeste da China

O ESTADO DE S. PAULO

06 Junho 2014 | 16h 29

Peças que pertenceram a xamãs de uma tribo nômade podem ser as mais antigas do mundo

Duas calças, confeccionadas possivelmente há cerca de 3.300 anos, foram descobertas em uma escavação na região oeste da China. As peças de roupa pertenceram a xamãs de uma tribo de nômades que hoje corresponde à região de Xinjiang, segundo informações da AFP. 

As calças, que podem ser as mais velhas do mundo, aparentemente foram feitas para montar a cavalo, segundo explicaram arqueólogos envolvidos nas pesquisas, porque os tecidos estariam reforçadas entre as pernas. 

 

 

 

Arqueólogos encontram as calças mais velhas do mundo na China
PEÇAS SÃO REFORÇADAS ENTRE AS PERNAS, O QUE LEVOU PESQUISADORES A CONCLUÍREM QUE FORAM FEITAS PARA MONTAR A CAVALO
AFP

 

 

 

 

Os pesquisadores encontraram os objetos em tumbas de um cemitério situado perto de um oásis em uma região desértica conhecida por facilitar a conservação das múmias. 

 

DCE consegue liminar garantindo meia entrada para estudantes na ExpoBrasil Após reclamações de estudantes que não conseguiam comprar, com antecedência, ingressos a meia entrada para a festa agropecuária ExpoBrasil, juiz concede liminar obrigando sindicato a vender meia…

 
07/06/2014 09h22min
POLÊMICA
DCE consegue liminar garantindo meia entrada para estudantes na ExpoBrasil
 
Após reclamações de estudantes que não conseguiam comprar, com antecedência, ingressos a meia entrada para a festa agropecuária ExpoBrasil, juiz concede liminar obrigando sindicato a vender meia…
 
 
Autor: Ana Cássia Costa
 
Presidente do DCE e vereador Nando Milhomem
Reprodução/Facebook
 
 
 

O Diretório Central dos Estudantes do CEULP/Ulbra conseguiu na Justiça uma liminar que obriga o Sindicato Rural de Paraíso a vender ingressos a meia entrada na Festa Agropecuária da cidade, a ExpoBrasil. A decisão é do juíz da 1ª Vara Cível da Comarca de Paraíso do Tocantins, Adolfo Amaro Mendes e foi expedida às 17h33 desta sexta-feira, 6 de junho. 

A decisão obriga o Sindicato a conceder aos estudantes acesso a exposição agropecuária mediante pagamento da metade do valor do ingresso efetivamente cobrado do público em geral, sob pena de multa diária de R$10 mil.

O direito deve ser concedido a qualquer estudante que apresentar, no ato da compra do ingresso, carteiras estudantis: “Carteira de Identificação Estudantil (CIE), emitida pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), pelas entidades estaduais e municipais filiadas àquelas, pelos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs) e pelos Centros e Diretórios Acadêmicos”.

Na liminar, o juiz entende que a meia entrada está em vigor no país, pela Lei Federal nº 12.933, assegurando aos estudantes o direito ao pagamento da metade do valor do ingresso em eventos do tipo. Explicita ainda que a concessão do direito ao benefício da meia entrada é assegurada em 40% do total de ingressos disponíveis para cada evento.

O presidente do DCE, Zenil Drumond, alega que recebeu várias reclamações dos acadêmicos, de que o Sindicato apenas estava aceitando a carteira estudantil nacional e as emitidas pela União Tocantinense dos Estudantes (UTE), feitas exclusivamente para o evento. Contou ainda que o presidente do Sindicato chegou a falar, numa reunião em que estava com o advogado daquela entidade, que não venderia ingresso a meia entrada para nenhum estudante que não fosse da cidade de Paraíso do Tocantins.

Zenil Drumond declarou ao T1 Notícias que entrou com a Ação de Obrigação de Fazer, com pedido de liminar, para garantir o direito dos estudantes.

Veja liminar em anexo.