MELHORES MEMES DO DEBATE

Eleições

27 de agosto de 2014 • 11h05 • atualizado às 12h24
Veja os melhores memes do debate presidencial

Elisa Feres Elisa Feres

18
comentários
Candidatos nervosos. Militantes apreensivos. Jornalistas ansiosos. Resumindo, clima de tensão. Menos na internet, é claro. O primeiro debate presidencial das Eleições 2014, exibido nesta terça-feira pela Tv Bandeirantes, ficou bem mais divertido para quem acessou as redes sociais ao longo do programa. Se você não foi um deles, confira abaixo alguns dos melhores memes que surgiram na web durante a noite.

Dilma, o alvo

Aécio, o preocupado

Pastor Everaldo, o privatizador

Levy Fidelix e seu incomparável bigode

I-gu-al-zi-nho o Senhor Spacey dos Jetsons

Ele e Mario Bros, por sinal, devem ter sido separados na maternidade

O senhor me deve 14 meses de aluguel!!!

Vovó Zild… quer dizer, Marina Silva e seu estilo, hum, excêntrico

Luciana Genro, a isolada da turma

Tipo a impopular do colégio, sabe?

Andrezinho, do saudoso Molejão, explica

Chateada no maior estilo fã de Avril Lavigne

Nem Anitta conseguiu animá-la

Chega de enrolação. Agora, sim, chegamos nele

Como explodir em popularidade na web em apenas uma noite. Estrelando: Eduardo Jorge

Pokebola vaaaaaaaai!

Mas, falando sério, alguém entendeu tudo o que ele quis dizer?

Não, né? Nem ele

Mas que “sambou na cara” dos outros candidatos, isso ele sambou!

Para terminar, ela: a mais expressiva intérprete de Libras da história

publicidade

Terra

18
comentários

Anúncios

MELHORES MEMES DO DEBATE

Eleições

27 de agosto de 2014 • 11h05 • atualizado às 12h24
Veja os melhores memes do debate presidencial

Elisa Feres Elisa Feres

18
comentários
Candidatos nervosos. Militantes apreensivos. Jornalistas ansiosos. Resumindo, clima de tensão. Menos na internet, é claro. O primeiro debate presidencial das Eleições 2014, exibido nesta terça-feira pela Tv Bandeirantes, ficou bem mais divertido para quem acessou as redes sociais ao longo do programa. Se você não foi um deles, confira abaixo alguns dos melhores memes que surgiram na web durante a noite.

Dilma, o alvo

Aécio, o preocupado

Pastor Everaldo, o privatizador

Levy Fidelix e seu incomparável bigode

I-gu-al-zi-nho o Senhor Spacey dos Jetsons

Ele e Mario Bros, por sinal, devem ter sido separados na maternidade

O senhor me deve 14 meses de aluguel!!!

Vovó Zild… quer dizer, Marina Silva e seu estilo, hum, excêntrico

Luciana Genro, a isolada da turma

Tipo a impopular do colégio, sabe?

Andrezinho, do saudoso Molejão, explica

Chateada no maior estilo fã de Avril Lavigne

Nem Anitta conseguiu animá-la

Chega de enrolação. Agora, sim, chegamos nele

Como explodir em popularidade na web em apenas uma noite. Estrelando: Eduardo Jorge

Pokebola vaaaaaaaai!

Mas, falando sério, alguém entendeu tudo o que ele quis dizer?

Não, né? Nem ele

Mas que “sambou na cara” dos outros candidatos, isso ele sambou!

Para terminar, ela: a mais expressiva intérprete de Libras da história

publicidade

Terra

18
comentários

MELHORES MEMES DO DEBATE

Eleições

27 de agosto de 2014 • 11h05 • atualizado às 12h24
Veja os melhores memes do debate presidencial

Elisa Feres Elisa Feres

18
comentários
Candidatos nervosos. Militantes apreensivos. Jornalistas ansiosos. Resumindo, clima de tensão. Menos na internet, é claro. O primeiro debate presidencial das Eleições 2014, exibido nesta terça-feira pela Tv Bandeirantes, ficou bem mais divertido para quem acessou as redes sociais ao longo do programa. Se você não foi um deles, confira abaixo alguns dos melhores memes que surgiram na web durante a noite.

Dilma, o alvo

Aécio, o preocupado

Pastor Everaldo, o privatizador

Levy Fidelix e seu incomparável bigode

I-gu-al-zi-nho o Senhor Spacey dos Jetsons

Ele e Mario Bros, por sinal, devem ter sido separados na maternidade

O senhor me deve 14 meses de aluguel!!!

Vovó Zild… quer dizer, Marina Silva e seu estilo, hum, excêntrico

Luciana Genro, a isolada da turma

Tipo a impopular do colégio, sabe?

Andrezinho, do saudoso Molejão, explica

Chateada no maior estilo fã de Avril Lavigne

Nem Anitta conseguiu animá-la

Chega de enrolação. Agora, sim, chegamos nele

Como explodir em popularidade na web em apenas uma noite. Estrelando: Eduardo Jorge

Pokebola vaaaaaaaai!

Mas, falando sério, alguém entendeu tudo o que ele quis dizer?

Não, né? Nem ele

Mas que “sambou na cara” dos outros candidatos, isso ele sambou!

Para terminar, ela: a mais expressiva intérprete de Libras da história

publicidade

Terra

18
comentários

Arqueólogos encontram duas cidades maias escondidas em floresta Região do México pode conter outras dezenas de povoados a serem desvendados POR REUTERS

Arqueólogos encontram duas cidades maias escondidas em floresta
Região do México pode conter outras dezenas de povoados a serem desvendados
POR REUTERS
25/08/2014 6:00 / ATUALIZADO 25/08/2014 8:24
Os restos de uma antiga cidade maia em Lagunita Foto: HANDOUT / REUTERS
Os restos de uma antiga cidade maia em Lagunita – HANDOUT / REUTERS
PUBLICIDADE

CIDADE DO MÉXICO – Arqueólogos encontraram duas cidades maias que estavam escondidas na floresta tropical do sudeste do México, uma região onde, segundo o chefe dos pesquisadores, “poderia conter outras dezenas a desvendar”.

VEJA TAMBÉM
Serra da Capivara: descobertas desafiam teoria estabelecida
Exposição no Museu Britânico mostra as múmias em seus mínimos detalhes
Arqueólogos encontram o “mais espetacular” mural da civilização maia
O professor associado da Academia de Ciências e Artes da Eslovênia, Ivan Sprajc, disse que sua equipe encontrou em abril as antigas cidades de Lagunita e Tamchen, na península de Yucatán, mediante a análise de fotografias aéreas da região.

Sprajc comentou que ambas as cidades alcançaram seu apogeu nos períodos Clássico Tardio e Clássico Terminal, entre os anos 600 e 900 d.C.

Em cada local, os cientistas encontraram edificações parecidas com um palácio, além de praças e pirâmides, uma delas de quase 20 metros de altura.

Os arqueólogos também descobriram a fachada de uma construção com uma porta que se assemelha às garras de um monstro que provavelmente marcava uma das principais entradas do centro da cidade.

O pedaço de rocha esculpida em uma antiga cidade maia em Lagunita – HANDOUT / REUTERS
As fotografias dos lugares mostram pirâmides de pedra que se sobressaem na densa folhagem.

PUBLICIDADE

– A entrada, pelo que parece, simboliza a entrada a uma caverna e ao submundo… alguém que entra através deste portal teria entrado em recintos sagrados – disse Sprajc à Reuters, por telefone, da Eslovênia.

Ele explicou que sua equipe traçou um mapa de 10 a 12 hectares para cada lugar, mas que as cidades provavelmente eram maiores. As escavações ainda não começaram.

Sprajc descobriu no ano passado outra antiga cidade maia na região, a qual batizou de Chactun.

Read more: http://oglobo.globo.com/sociedade/historia/arqueologos-encontram-duas-cidades-maias-escondidas-em-floresta-13716183#ixzz3BWZhIJc2

EUA condenam ataque contra comboio de refugiados na Ucrânia O secretário-geral da ONU pediu que seja permitida a livre passagem de refugiados, vítimas dos combates no leste do país

EUA condenam ataque contra comboio de refugiados na Ucrânia

O secretário-geral da ONU pediu que seja permitida a livre passagem de refugiados, vítimas dos combates no leste do país

0
comentários

Refugiados da cidade de Lugansk passam por um posto de controle perto da cidade ucraniana oriental de Debaltseve
Foto: Valentyn Ogirenko / Reuters
O Departamento de Estado norte-americano condenou o bombardeio contra um comboio de refugiados no leste da Ucrânia nesta segunda-feira que matou dezenas de pessoas, mas afirmou que não podia confirmar quem é o responsável pelo ataque.

“Condenamos fortemente o bombardeio e o lançamento de mísseis contra um comboio que estava levando pessoas deslocadas internamente em Lugansk e expressamos as nossas condolências às famílias das vítimas”, disse a porta-voz do departamento, Marie Harf, em declaração à imprensa.

“Infelizmente, eles estavam tentando fugir do combate e, em vez disso, se tornaram vítimas.”

SAIBA MAIS
Míssil atinge comboio de refugiados no leste da Ucrânia
Conflitos na Ucrânia mataram mais de 2 mil pessoas, diz ONU
Forças ucranianas destroem blindados vindos da Rússia
Rússia e Ucrânia entram em acordo sobre comboio humanitário
O governo ucraniano acusou rebeldes pró-russos de alvejar o comboio, que estaria exibindo bandeiras brancas, de acordo com Kiev. Os separatistas negaram a responsabilidade pelo ataque.

Dois altos funcionários da ONU – o subsecretário-geral para ajuda humanitária Jeffrey Feltman e a chefe de ajuda humanitária Valerie Amos – viajarão a Kiev nesta semana em meio à intensificação dos combates no leste da Ucrânia.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, chamou de perturbadores os relatórios que atribuem aos rebeldes pró-russos o ataque contra o grupo de civis que fugia dos combares no leste ucraniano e pediu que seja permitida a livre passagem de refugiados.

Com informações da Reuters e AFP.

EDUARDO GOMES É CITADO NO ESQUEMA CORRUPTO DO DOLEIRO YOUSSEF PRESO PELA POLICIA FEDERAL

Contadora do doleiro Youssef desnuda seu esquema de pagamento de propina

12-year-old girl wins $256,000 lawsuit against her mother (BWNToday)

Parlamentares notórios, partidos e empreiteiras participavam das tramas reveladas por Meire Poza

Robson Bonin, de Curitiba
Meire Poza – “O Beto (Youssef) lavava o dinheiro para as empreiteiras e repassava depois aos políticos e aos partidos. Era mala de dinheiro pra lá e pra cá o tempo todo.”
Meire Poza – “O Beto (Youssef) lavava o dinheiro para as empreiteiras e repassava depois aos políticos e aos partidos. Era mala de dinheiro pra lá e pra cá o tempo todo.” (Jefferson Coppola/VEJA)

É um clássico. As organizações mafiosas caem com maior rapidez quando alguém de dentro decide contar tudo. O que se vai ler nesta reportagem é justamente a história de alguém que, tendo participado do núcleo duro da quadrilha que girava em torno do doleiro Alberto Youssef, pego na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, resolve contar tudo o que fez, viu e ouviu. Meire Bonfim Poza participou de algumas das maiores operações do grupo acusado de lavar 10 bilhões de reais de dinheiro sujo, parte desviada de obras públicas e destinada a enriquecer políticos corruptos e corromper outros com o pagamento de suborno. Meire Poza viu malas de dinheiro saindo da sede de grandes empreiteiras, sendo embarcadas em aviões e entregues às mãos de políticos. Durante três anos, Meire manuseou notas fiscais frias, assinou contratos de serviços inexistentes, montou empresas de fachada, organizou planilhas de pagamento. Ela deu ares de legalidade a um dos esquemas de corrupção mais grandiosos desde o mensalão. Meire sabe quem pagou, quem recebeu, quem é corrupto, quem é corruptor. Conheceu de perto as engrenagens que faziam girar a máquina que eterniza a mais perversa das más práticas da política brasileira. Meire Poza era a contadora do doleiro Alberto Youssef — e ela decidiu revelar tudo o que viu, ouviu e fez nos três anos em que trabalhou para o doleiro.

Nas últimas três semanas, a contadora prestou depoimentos à Polícia Federal. Ela está ajudando os agentes a entender o significado e a finalidade de documentos apreendidos com o doleiro e seus comparsas. Suas informações são consideradas importantíssimas para comprovar aquilo de que já se desconfiava: Youssef era um financista clandestino. Ele prospectava investimentos, emprestava dinheiro, cobrava taxas e promovia o encontro de interesses entre corruptos e corruptores. Em outras palavras, usava sua estrutura para recolher e distribuir dinheiro e apagar os rastros. Entre seus clientes, estão as maiores empreiteiras do país, parlamentares notórios e três dos principais partidos políticos. Os depoimentos da contadora foram decisivos para estabelecer o elo entre os dois lados do crime — principalmente no setor tido como o grande filão do grupo: a Petrobras. As empreiteiras que tinham negócios com a estatal forjavam a contratação de serviços para passar dinheiro ao doleiro. Nas últimas semanas, Meire Poza forneceu à polícia cópias de documentos e identificou um a um os contratos simulados e as notas frias, como no caso da empreiteira Mendes Júnior (veja o documento na página 54), que nega ter relacionamento com o doleiro. Os corruptores estão identificados. A identificação dos corruptos está apenas no início.

Três políticos no bolso de Youssef

“O André Vargas ajudou o Beto a lavar 2,4 milhões de reais. Como pagamento, ele ganhou uma viagem de jatinho. Eu mesma fiz o pagamento”

Deputado André Vargas (sem partido)
“O Beto fez os depósitos para o ex-presidente Collor a pedido do Pedro Paulo Leoni Ramos (ex-auxiliar do senador e também envolvido com o doleiro). Ele guardava isso como um troféu”

Senador Fernando Collor (PTB)
“O Vacarezza precisava pagar dívidas de campanha. Um assessor dele me procurou em 2011 para apresentar um negócio com fundos de pensão no Tocantins”

Deputado Cândido Vacarezza (PT)
Para ler a continuação dessa reportagem compre a edição desta semana de VEJA no IBA, no tablet, no iPhone ou nas bancas.
Outros destaques de VEJA desta semana

POLICIA CIVIL DE GOIÁS PRENDE A MAIOR QUADRILHA DE TRAFICANTES DE COCAÍNA DO CENTRO-OESTE COM BASE NO TOCANTINS

Maior quadrilha de tráfico de cocaína do Centro-Oeste atuava no Tocantins
Mיdicos chocados: Pai revela novo mיtodo de dieta (SaudeEFitness)
O Jornal da Globo levou na noite desta sexta-feira, 09, que os traficantes eram donos de duas fazendas no interior do Tocantins. Polícia já apreendeu carregamentos com 850 kg de pasta base de cocaína.

Categoria: Polícia – 09/08/2014 00:50:06

Share on print
1
anuncie
Avalie esse post
A polícia de Goiás concluiu uma investigação que identificou e prendeu a maior quadrilha de trafico de cocaína no Centro-Oeste do país. Os bandidos foram monitorados durante dois anos. Só este ano, a polícia apreendeu dois carregamentos da quadrilha com 850 kg de pasta base de cocaína.

Segundo a polícia, os traficantes eram donos de duas fazendas no interior do Tocantins. Uma delas com 1.500 cabeças de gado. Com os bandidos, os investigadores encontraram vários maços de dinheiro, armas, uma moto aquática e 22 veículos, alguns de luxo.Os nomes dos traficantes e local da fazenda não foram divulgados.

A polícia já pediu à Justiça o sequestro dos bens do bando avaliados em R$ 80 milhões. O líder da quadrilha, Marcelo Gomes de Oliveira, e outros 14 suspeitos estão presos em Goiás. (Jornal O Globo)