Procuradoria Eleitoral diz que não recebeu denúncia sobre avião detido

Procuradoria Eleitoral diz que não recebeu denúncia sobre avião detido

Órgão só falará sobre o assunto após receber flagrante do crime.
Foram encontrados R$ 500 mil em dinheiro e santinhos de candidatos.

Do G1 TO

Avião foi apreendido pela polícia com R$ 500 mil e santinhos e candidato político, em Piracanjuba, Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Avião foi apreendido pela polícia com R$ 500 mil e santinhos e candidato político, em Piracanjuba, Goiás (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Procuradoria Regional Eleitoral no Tocantins só vai se pronunciar sobre a apreensão do avião em Goiás com R$ 500 mil e milhares de santinhos de candidatos do Tocantins, feita nesta quinta-feira (18), após receber o documento de flagrante. A informação foi repassada ao G1 pela assessoria de comunicação do Ministério Público Federal do Tocantins (MPF), nesta sexta-feira (19).

De acordo com a assessoria de comunicação do Ministério Público Federal, o procurador regional eleitoral, Álvaro Manzano, só poderá avaliar a situação e falar sobre as possíveis ações a serem tomadas após receber documentos oficiais da apreensão e prisão dos envolvidos. Ainda conforme a assessoria, até o momento, as informações são apenas as publicadas nos veículos de comunicação.

Marcelo MIranda negou envolvimento com o avião apreendido com R$ 500 mil e panfletos políticos de campanha (Foto: Reprodução)Marcelo MIranda negou envolvimento com o avião
apreendido  (Foto: Reprodução)

A apreensão aconteceu em Piracanjuba, a 87 km de Goiânia. Os santinhos encontrados na aeronave são dos candidatos ao governo do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB) e à Câmara Federal, Carlos Gaguim (PMDB), ambos ex-governadores do Tocantins. Quatro pessoas foram presas suspeitas de envolvimento com lavagem de dinheiro.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Rilmo Braga Cruz Júnior, um dos detidos é apontado pelas investigações como chefe do grupo. Ele informou que o dinheiro seria utilizado na campanha eleitoral do candidato a governador e que por causa do bloqueio das contas de Marcelo, estaria usando contas bancárias de “laranjas” para movimentar grandes quantias de dinheiro.

Ainda na quinta-feira (18), Marcelo Miranda negou qualquer ligação com o caso. “Eu desconheço. Eu não me submeteria a isso”, disse.

Santinhos dos candidatos do Tocantins encontrados no avião apreendido (Foto: Vitor Santana/G1)Santinhos dos candidatos do Tocantins encontrados no avião apreendido (Foto: Vitor Santana/G1)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s